4 de dezembro de 2015


Uma coisa é peculiar a todos que de livre e espontânea vontade se propõem a seguir e servir ao Senhor Jesus em espírito e em verdade; todos temos inimigos, e isso é muito comum, o Senhor Jesus teve inimigos, os Apóstolos enfrentaram horríveis perseguições por parte dos seus inimigos e da mesma forma sofreram os cristãos da Igreja Primitiva, ora, mais por que temos inimigos, se o que fazemos e queremos é levar a todos a verdade que liberta e salva?

É aí que está o problema, nós não queremos fazer inimigos, não queremos ter inimigos, mas alguns se fazem nossos inimigos, por que na verdade são inimigos da verdade que pregamos, pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração, Hebreus 4.12. 

A palavra de Deus toca nas feridas de muitas pessoas, de modo que alguns reagirão com arrependimento e outros com rebelião, perseguição e calúnias, assim se fazem nossos inimigos por causa simplesmente da verdade que pregamos.

Tornei-me, porventura, vosso inimigo, por vos dizer a verdade? Gálatas 4.16

Não são nossos inimigos propriamente, são inimigos da nossa conduta e da nossa fé, essa é a razão pela qual o Senhor Jesus nos ordenou que amássemos aos nossos inimigos, por que é cego o seu entendimento para compreender as coisas concernentes ao Reino de Deus e carecem da Salvação tanto quanto nós.

Na fé. Sempre!
Pastor Régis Castro
Categories: ,

0 comentários:

Postar um comentário

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!