17 de outubro de 2014


Todo o mundo é regido por leis e justiça, cada nação, cada país tem suas leis, porém, é bem verdade que toda a justiça deste mundo independente do país e/ou nação é falha, comete os seus erros e em grande parte favorece aos culpados e incrimina o inocente, assim é a justiça deste mundo e sempre será.

Porém, muito embora a justiça deste mundo seja falha, isso não é uma unanimidade, existem muitos casos solucionados onde a justiça é verdadeira e corretamente exercida e é claro, o que seria de nós se não fosse a justiça, com certeza o mundo já teria sido de completo assolado, nossas casas e famílias saqueadas, enfim, devemos muito a nosso sistema judiciário.

Contudo, existem casos onde as leis deste mundo não atuam e a justiça nada pode fazer, pois, que lei socorrerá uma mãe aflita cujo filho roubou a própria família para sustentar o seu vício, ou que lei poderá ser favorável a uma esposa triste que fora trocada por uma amante qualquer, ou ainda qual a justiça que possa solucionar o caso dos injustiçados deste mundo que vivem a mercê da humilhação e da vergonha?

Nestes casos a justiça deste mundo é inoperante e somente a justiça divina é eficaz, pois Deus é o justo juiz que julga as nossas causas sem partidarismo, pois; “Balança enganosa é abominação para o SENHOR, mas o peso justo é o seu prazer.” Provérbios 11.1.

O seu caso jamais está perdido diante de Deus, Deus não engaveta o seu processo, Ele não fechou os olhos para a sua causa, mas você precisa consultá-lo e buscá-lo com sinceridade de coração e perseverança, e Ele será favorável para consigo, pois Deus não dorme, não existem noites, nem escuridão no seu Reino, pois Ele é o Sol da Justiça.

Na fé. Sempre!
Pastor Régis Castro
Categories:

Um comentário:

  1. Belas palavras, o ser humano ja não quer mais ver Deus como justiça, de tão injusto que o mundo esta, o problema e que ele que julgara tudo no final das contas.

    Se baseando nisso, Pastor queria que fizesse uma postagem explicando sobre o que diz na biblia a respeito de nossa salvação, que Jesus e nosso advogado, porem tambem e nosso juiz, pela logica e o proprio Jesus que vai analisar o que o advogado fala, ou seja ele mesmo, pensando humanamente, não tem como perder a salvação, já que o juiz não iria falar que o advogado estava errado, ja que são o mesmo.

    ResponderExcluir

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!