22 de julho de 2014


Quase sempre ao findar das Suas parábolas e explicações das coisas concernentes ao Reino de Deus, o Senhor Jesus findava exclamando: Quem tem ouvidos para ouvir, que ouça.

Dizendo ele estas coisas, clamava: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. Lucas 8.8

Ora, todos tinham ouvidos e a única coisa capaz de impedir que O ouvissem era a surdez, o que não era o caso. Então por que o Senhor diz: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça?

Quando o Senhor Jesus Cristo falava, não era para entreter as pessoas, não era para fazê-las rir e não eram tolices, nunca! Tudo que o Senhor falava era digno do mais profundo respeito, reverência e atenção, pois não falava de Si mesmo, Suas palavras eram espirituais e eram acerca do Reino de Deus, dessa forma como as coisas espirituais se discernem espiritualmente é impossível ouvir a voz de Deus com os ouvidos naturais.

Deus não fala conosco por meio de uma voz sonora, pois Deus é espírito e assim como Deus é espírito, sua voz é audível apenas aos ouvidos espirituais, daí a razão de o Senhor Jesus sempre alertar; Quem tem ouvidos para ouvir, que ouça. Ter ouvidos espirituais significa estar em espírito e estamos em espírito quando o nosso intelecto medita na Palavra de Deus, na sua glória, nas suas promessas, quando nossos pensamentos mergulham nos pensamentos de Deus.

Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. 1 Coríntios 2.14

Na fé, Sempre!
Pastor Régis Castro
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!