3 de junho de 2014


A maior mentira inventada pelas religiões é dizer que somos todos filhos de Deus, dessa forma todo ser humano quando nasce, nasce convicto de que é filho de Deus, sem analisar ou questionar isso vivem uma vida desregrada de acordo com suas paixões mundanas e desejos corruptos sem considerar a vontade d'Aquele a quem se diz ser filho.

Mas como ser filho de alguém a quem não se respeita, nem considera? Impossível.

O verdadeiro filho de Deus é aquele que creu em Jesus e O fez seu Senhor e Salvador, mas não da boca pra fora, houve um entrega total da vida ao Senhor e a partir disso tornou-se praticante da Sua palavra.

Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome. João 1.12 

Ora, se a partir da nossa entrega ao Senhor Jesus Cristo, Deus nos outorgou o poder de sermos feitos Seus filhos é por que antes não éramos, antes éramos e ainda somos, todos nós somos criaturas de Deus, fomos criados por Deus e o seu fôlego soprado em nossas narinas nos tornou viventes, mas filho de Deus, são somente aqueles que entregaram de fato e de verdade, incondicionalmente a vida ao Senhor Jesus Cristo e são praticantes da Sua palavra.

Estes sim, são filhos do Altíssimo e carregam em si a sua marca, o seu DNA, seu caráter, por isso não vivem de acordo com o mundo, nem segundo suas paixões desenfreadas, mas dia após dia fazem o seu sacrifício diário de renunciar, sacrificar-se a si mesmo em obediência e temor a Deus, que verdadeiramente é seu Pai.

Quanto aos que creem na religião e acham que mesmo vivendo uma vida dissoluta são filhos de Deus, o Senhor Jesus afirma:

Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhes os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, por que nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, por que é mentiroso e pai da mentira. João 8.44

Na fé. Sempre!
Pastor Régis Castro

Um comentário:

  1. Nós somos filhos carnais do pai e da mãe que nos gerou. A partir do momento que eu tenho consciência e assumo pelos meus atos, aceito Jesus e desço o tanque batismal, a partir desse momento, sou filho de Deus.
    Tenho que tomar cuidado para não cair no inferno. Porque de lá, Jesus já me resgatou.

    ResponderExcluir

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!