17 de junho de 2014


Estamos a viver em plena era digital, a internet tornou-se o meio de comunicação mais usado perdendo apenas para a TV aberta, soma-se a isso as redes sociais que sem dúvida alguma é uma poderosa ferramenta de marketing, por meio das redes sociais na internet, conhecemos pessoas, divulgamos empresas, evangelizamos, enfim, pode ser muito útil.

Porém, há um problema, tudo isso têm nos distanciado da realidade da vida e nos iludido com as coisas mais supérfluas. Momentos que deveríamos compartilhar com quem amamos, compartilhamos agora com amigos virtuais; Abraços, carinhos e afagos que deveriam ser constantes, são agora "likes"; Conversas que deveriam ser de cara a cara e olhos nos olhos, são por bate-papo na "net"; Os momentos mais marcantes da nossa vida que deveriam ser entre nós e quem amamos, são apenas nós e um dispositivo qualquer que tire fotos e tenha acesso direto a redes sociais por meio de conexão à internet via "wifi".

Devo frisar que nada há de errado em usar internet ou redes sociais, o problema é quando isso se torna demasiado, e aqui vale lembrar-se de um velho adágio popular que diz: "Tudo demais é veneno", aliás, a diferença entre o remédio e o veneno está justamente na dosagem.

Portanto, use a internet, use as redes sociais, mas estabeleça um momento onde você desliga o dispositivo ou o computador e compartilha sua felicidade com sua família, amigos, filhos, esposa, marido, namorado ou namorada e "Look Up" olhe para cima e curta a vida real.

Veja abaixo o vídeo "Look Up" produzido pelo roteirista e diretor Gary Turk, que mostra bem como temos desperdiçado momentos e oportunidades reais por amigos e elogios supérfluos e virtuais.




"Tudo me é permitido", mas nem tudo convém. "Tudo me é permitido", mas eu não deixarei que nada domine. 1 Coríntios 6.12

Na fé, Sempre!
Pastor Régis Castro

0 comentários:

Postar um comentário

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!