1 de abril de 2014


O dia da mentira, 1º de abril, começou inicialmente na França no reinado de Carlos IX (1560-1574), quando desde o começo do século XVI, o ano novo era comemorado em 25 de março com a chegada da primavera, eram dias de animadas festas que duravam até ao dia 1º de abril, contudo em 1562, o papa Gregório XIII (1502-1585) instituiu um novo calendário para todo o mundo cristão - calendário gregoriano - em que o ano novo passava a ser em 1º de janeiro.

Os franceses demoraram a adaptar-se e assim, manteram as festividades na data antiga, nesse ínterim, aqueles que já haviam se adaptado ao calendário gregoriano, passaram então a ridicularizar os demais adeptos da data antiga, enviando convites para festas inexistentes, assim sendo surgiu o dia da mentira e espalhou-se para todo o mundo.

O que a maioria desconhece é que o dia da mentira é uma homenagem indireta ao diabo que é pai da mentira!


Brincadeiras e mentiras sob o disfarce de inofensivas é comum nesse dia, todos estão liberados e/ou sujeitos a cair nessa "brincadeira" e quanto mais se mente, mais venerado é o fundador da mentira, o pai da mentira, que mente desde o princípio e nunca se firmou na verdade.

Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira. João 8:44

O Senhor odeia os lábios mentirosos, mas se deleita com os que falam a verdade. Provérbios 12:22

Fora ficam os cães, os que praticam feitiçaria, os que cometem imoralidades sexuais, os assassinos, os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira. Apocalipse 22:15

Agora, saia da mentira e aproprie-se da verdade, dê um basta na vida mentirosa e de aparências que você está a viver, pois todo o problema que você estar a enfrentar, quer seja sentimental, financeiro, doenças constatadas em seu corpo ou em entes queridos, enfim, tudo não passa de uma mentira ardilosa do diabo, pois o Senhor Jesus Cristo quando morreu na cruz do calvário Ele levou sobre si todas as obras do diabo que assolam a humanidade.

Ele já venceu tudo e por isso, você não pode e nem precisa sujeitar-se aos problemas, creia e invoque o nome de Jesus, e Ele será o seu socorro e te honrará com a vitória.

Na fé, Sempre!
Pastor Régis Castro
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!