27 de março de 2014


Amor, longanimidade, fidelidade, são alguns atributos que fazem parte do caráter de Deus, Sua própria Palavra diz: Deus é amor - I João 4.8 - e muitos têm usado esta palavra de modo abusivo para se manterem no pecado achando que no final poderão contar com a compaixão divina, ai é que se enganam! Pois, do modo que Deus é amor, é também justiça, e por que é justo jamais tolera e/ou inocenta o culpado, ainda que este se arrependa, ainda assim não o inocenta.

O SENHOR é longânimo e grande em misericórdia, que perdoa a iniquidade e a transgressão, ainda que não inocenta o culpado... Números 14.18

Engana-se quem pensa que poderá viver sua vida regalada e desregrada do modo que quiserem, pois no final das contas contarão com o amor de Jesus, pois Ele veio ao mundo, morreu em uma cruz e ressuscitou ao 3º dia para que todos os que n'Ele cressem e praticassem Sua Palavra fossem redimidos e salvos, mas a condição é crer em Jesus e praticar a Sua Palavra.

De outro ângulo quando conhecemos a verdade e nos mantemos na mentira, estamos brincando com Deus, brincando de ser cristão, zombando da Sua Palavra e as estes não resta perdão, compaixão ou amor, senão unicamente a Ira de Deus.

Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Efésios 5:6

Portanto, meu amigo e minha amiga, concerte-se com Deus, creia em Jesus e pratique a Sua Palavra, de modo que você seja digno (a) da misericórdia e do amor de Deus, faça do Senhor Jesus Cristo, seu Senhor e Salvador, caso contrário, será a Ira de Deus que você verá em sua vida, todavia saiba que de todos os males Deus nos livra, mas da Sua ira, ninguém o livrará, fique certo disso.

Na fé, Sempre!
Pastor Régis Castro

0 comentários:

Postar um comentário

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!