12 de março de 2014


O Dízimo - Ignorado pela maioria dos que se dizem cristãos, criticado pelos religiosos e visto com maus olhos pelos incrédulos, contudo para Deus é o único modo pelo qual se evidencia a autenticidade do cristão, pois revela o caráter do fiel e mostra respeito e honra para com Aquele que é digno de tal.

Desde o Antigo Testamento, o dízimo jamais foi e jamais será uma mera contribuição em dinheiro, mas a marca da sua fidelidade a Deus, inclusive nas demais áreas da sua vida, pois se não é fiel nos seus dízimos tampouco será nos negócios, compromissos e em seu casamento, o dízimo, entre tantas outras coisas é obedecer a Deus como o Senhor de todas as coisas, de nossa vida, de nossa família, sustento, saúde, enfim, Ele nos dá tudo e como prova da nossa fidelidade pede 10% de tudo quanto passa pelas nossas mãos.

A fidelidade nos dízimos deve ser compreendida exatamente como a fidelidade em um casamento, significa, acima de tudo amor, ninguém é fiel ao seu cônjuge se não amá-lo, dessa forma é com Deus, se o amamos de fato e de verdade somos fieis a Ele, e, assim como em um casamento há as alianças que é o símbolo de uma união, amor, fidelidade e respeito, no casamento com Deus, o dízimo é esta aliança.

Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos. Hebreus 7.4 

Na fé, Sempre!
Pastor Régis Castro
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!