9 de fevereiro de 2014


A vida eterna é a mais maravilhosa de todas as promessas e a maior de todas as bênçãos, contudo, não é gratuita como muitos equivocadamente pensam, muito pelo contrário para alcançarmos a salvação da nossa alma há que se pagar o devido preço.

O preço - do sacrifício de rendermos a nossa vida no altar e passarmos a andar conforme a Palavra de Deus.

O preço - da renúncia do nosso "EU", dos nossos prazeres, em prol daquilo que é prazeroso à Deus, uma vida afastada do pecado.

O preço - de suportar todas as críticas, calúnias e perseguições implacáveis em favor da causa do Evangelho.

O preço - de amar e orar pelos nossos inimigos.

O preço - de perdoar a quem nos feriu quantas vezes forem necessárias.

O preço - de levar ao altar a nossa fidelidade a Deus nos nossos dízimos e ofertas.

O preço - de afastar-nos de tudo aquilo que corrompe nossa comunhão com o Espírito de Deus, quer sejam pessoas influentes, amigos próximos, parentes ou um namoro.

Enfim, a salvação é o dom gratuito de Deus, por meio da obra realizada pelo Senhor Jesus Cristo, na sua vida terrena, na sua morte e na sua ressurreição, contudo isso não dá vazão para nos acomodarmos e esperarmos por uma salvação que conquistamos tão somente por meio do esforço da fé.

"Desde os dias de João Batista até agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele." Mateus 11.12

Na fé, Sempre!
Pastor Régis Castro
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!