11 de fevereiro de 2014

A maior de todas as conquistas, o mais importante patrimônio, o tesouro mais valioso que uma pessoa pode possuir: A salvação eterna de sua alma e o direito de habitar no Reino dos Céus. Contudo, muitos têm enganado a si próprio, outros enganado a muitos com respeito ao Reino de Deus, pregando e vivendo uma fé acomodada que dispensa o sacrifício e promovem assim um engano diabólico que tem levado muitos que se dizem cristãos e vivem dentro de suas igrejas para o inferno.

A salvação não é um estado em que permenaçemos quando o alcaçamos, e sim uma condição que se mantêm enquanto nos mantemos na presença de Deus, logo o único modo pelo qual mantemos a nossa salvação é por meio do constante exercício da fé, e o exercício da fé se mantêm por meio do sacrifício.

Sacrifício é dia após dia tomar a sua cruz e seguir firme nos passos de Jesus; é renunciar a própria vida, para viver a vida de Deus; é perseverar sempre, ainda nos momentos mais difíceis; é sacrificar os vontades da carne, que diz respeito às paixões mundanas; é guardar-se de tudo que pode contaminá-lo; é fugir de tudo que lhe tenta a praticar as velhas obras da carne; é abandonar tudo que mancha a sua boa consciência para com Deus.

"Outrossim, o reino dos céus é semelhante ao homem, negociante, que busca boas pérolas; E, encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e comprou-a." 
Mateus 13. 45-46

Esta pérola mui preciosa, o Reino de Deus, está disponível e ao alcance de todos, mas é impossível obtê-la se não houver sacrifício.

Na fé, Sempre!
Pastor Régis Castro
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!