10 de janeiro de 2014



Inúmeras pessoas todos os dias se deparam com o fracasso econômico/financeiro, deparam-se com a desilusão amorosa e com a decepção com pessoas nas quais acreditou, desacredita-se de si mesma em meio a tantas frustrações. E, nesse ínterim, justificar os fracassos e inventar desculpas para quem acreditou em si, parece a melhor opção. Mas quem é o culpado pelos seus fracassos? Deus? O destino, a vida, a sorte, seus pais que não lhe deram um bom estudo e boas condições financeiras? O meio onde nasceu, cresceu e viveu?

NÃO! 


O único culpado pelos seus fracassos é você próprio, pois a única pessoa responsável pela sua vida é você! Pois tem insistido em algo que não dar certo, tem feito escolhas erradas baseadas nos sentimentos e não na razão, tem perdido grandes oportunidades por medo de grandes fracassos; quando deveria acreditar em si, desistiu; quando deveria acreditar nas pessoas, foi egoísta e por fim, tem desprezado a voz de Deus.

Quer acertar da próxima vez? Fazer as escolhas certas e obter êxito? Então DECIDA-SE:


Ouça a voz de Deus, pois Ele diz: Tudo é possível ao que crê! (Marcos 9.23).
Acredite em si mesmo, pois pouquíssimas pessoas vão acreditar! Fale menos e faça mais, antes de tomar qualquer decisão, peça a direção de Deus, através do Espírito Santo, nunca perca uma oportunidade, não tenha medo investir, e por fim, oriente e invista em outras pessoas, ninguém cresce sozinho, só se cresce quando se é um líder e tem uma equipe.

Na fé, Sempre!
Pastor Régis Castro


Categories:

Um comentário:

  1. Caro Régis Castro,
    Recentemente li sobre esse assunto em um livro de um renomado professor Ph.D. Ele discute sobre o tema, e reforça a ideia de quem tem essas atitudes que você citou, como atribuir aos outros, às circunstâncias e outros meios os motivos do seu fracasso, não tem, segundo ele, proatividade. Somos sim donos de nosso destino, do ponto de vista de que sempre podemos tomar uma decisão que possa mudar o rumo da história que estamos vivendo.
    Continue com as suas postagens sempre, acredito que elas possam mudar, pela graça de Deus, o rumo de algumas vidas pelo mundo.
    Que Deus lhe abençoe.

    J. Alcivanio

    ResponderExcluir

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!